Publicações

< 1 min read

Ao falarmos em construir o conhecimento, nos vem uma questão muito pertinente que entra em choque com a educação tradicional, que é o fato do estudante
anteriormente ser tratado como receptáculo de informação para assim poder ser considerado apto no mundo da informação, onde este através de um bombardear de conteúdos poderia assimilar o necessário para sua formação.

Hoje sabemos que esta ideia a muito já foi superada, o desafio das instituições educacionais na atualidade, é a de formar indivíduos capazes de ir ao encontro do conhecimento e saber reescrevê-lo e utilizá-lo. Sendo assim, ao contrário de outrora, quando o importante era "acumular" conhecimento, a esfera acadêmica atual defende a tese que o mais construtivo é "dominar o descobrimento", ou seja, o ser humano ao se deparar com determinada situação, não traria consigo uma resposta pronta, ao invés isto, formularia seu próprio conceito buscando no casto e fascinante universo de sua criatividade cerebral. E quanto não o tivesse, buscaria através da pesquisa.

Não é formando meros reprodutores de informação que conseguiremos construir o profissional que o mercado de trabalho necessita, mas o estimulando a pensar é que poderemos desenvolver o espírito crítico e
reflexivo nessa nova geração...Continuar lendo